Confraternização na minha barraquinha. Fernanda é a única moça da foto.

Em abril, por ocasião da quermesse chique Gastronomix, de Curitiba (reveja o post aqui), tive ajuda de algumas pessoas, dentre as quais Fernanda Garcia. Sua ajuda foi providencial, pois na última hora faltaram panelas mais apresentáveis para fazermos o serviço ao público. Fernanda fez chegar às nossas mãos, trazidas de sua casa, duas panelas de ferro – uma Le Creuset vermelha e uma tradicional panela de ferro (dessas de comida de fazenda, igual à da foto abaixo).

Terminado o evento, em meio ao trabalho final de limpeza e empacotamento, a panela preta apareceu com uma das asas quebrada. Ela prontamente tratou de nos sossegar, dizendo que “isso acontece”, “não se preocupe”, e “pode deixar que isso eu resolvo”. Ainda assim, sempre fica um resquício de remorso.

Como as pernas mecânicas de Steve Austin, substituição feita e com mais utilidades/funções do que as originais. (Os leitores mais novos ainda estão se perguntando quem era Steve Austin.)

Esta semana ela me mandou as fotos do problema solucionado, e diria até que ficou melhor do que antes. De quebra, diminuiu o problema de alças pelando de calor e a necessidade de panos/luvas para pegá-las.

[UPDATE] Ok, àqueles que não sabeM, Steve Austin foi personagem principal de um seriado norte-americano chamado “O Homem de 6 Milhões de Dólares”. Era o tal do homem-biônico. Mixaria: hoje qualquer jogador de futebol pé-de-chinelo vale mais do que isso!

Anúncios