Na minha infância/adolescência, lá pelos idos dos anos 80, eu esporadicamente ia visitar um tio que morava no Paraguai. Lá tive contato com um monte de produtos que, então, eram de difícil acesso no Brasil (ainda relativamente fechado às importações). Pra terem uma idéia, em sua casa havia 2 geladeiras: a tradicional (na cozinha) e outra no meio da sala que só tinha besteiras (iogurte, refrigerante, sorvete, chocolates, doces, guloseimas, etc. Era o sonho de consumo qualquer moleque.

Nessas idas (ou vindas, quando ele me contrabandeava essas mesmas babogeiras) eu geralmente me empanturrava de belisquetes como as batatas Pringle’s. Mais de uma vez comi tanto delas que fiquei com os lábios queimados de sal.

Àquela época a Pringle’s estava engatinhando na diversificação de sabores, longe do atual estágio. Vejam só o que já está disponível no mercado de Brasília:

"Flamin' Chilli Sauce" & "Smokin' Ribs"

Já que hoje em dia tudo é diferenciado, extreme, mega ou radical, por que não também os sabores das batatas fritas? Já testados, aprovados, e vão como sugestão para vocês.

Respondendo antecipadamente às perguntas, o flamin’ é SIM bastante apimentado (àqueles que têm medo de pimenta), mas nada que assuste (os chilli lovers). Fica a dica!

Anúncios