Ok, pelo menos por enquanto vamos conseguir dar uma pausa na maratona de viagens. Como não poderia deixar de ser, a última saída (para o Rio de Janeiro) vai nos abastecer de outra enxurrada de posts para este blog. Dentre as casas visitadas estão o ¡Venga!, CT Boucherie, Sawasdee, Tô Nem Aí, e o tri-estrelado Olympe.

Enquanto isso, vaí aí uma brincadeirinha: adivinhem o que é isso aí na foto abaixo?!

Whátarrélisdis?! (Pra mim parece um bombom Sonho de Valsa de chocolate amargo.)

Segue abaixo o gabarito…

Aí, na fotinho acima, um tradicional Sonho de Valsa. Como não há referência de tamanho no objeto de nossa brincadeira, bastava clareá-lo um pouco pra parecer o bombom, não?!

Na verdade isso se trata do saleiro do restaurante Olympe, a casa-mãe dos Troisgros no Rio de Janeiro. Com uns 6 cm de diâmetro, a foto acima mostra o fundo do utensílio. O sal é reposto por esse “funil” no fundo, batendo pacientemente até que o tempero entre. Para utilizá-lo à mesa, basta virar e desvirar que o sal é jogado em pequenas pitadas no prato.

Anúncios