No mês passado passei por uma maratona de viagens a trabalho, e dessa vez senti uma significativa melhora na qualidade nos hotéis designados pelos anfitriões/contratantes, especialmente no quesito “visual”.

Pretendo nestas férias adquirir uma câmera com “composição de foto panorâmica”, recurso que ainda não tenho, mas as fotos dão uma boa idéia da vista privilegiada que tive.

Estas foram tiradas do Quality Suites Long Stay Vila Olímpia, em Sampa. (Clique para ampliar.)

As mesmas vistas: na primeira foto a câmera foi posicionada um pouco mais à esquerda, mas o espigão branco continua lá como referência. Na segunda foto aparece um campo de futebol não-identificável à noite. (Clique para ampliar.)

Vista do Mercure Lourdes, na Avenida do Contorno, em BH: uma bem arborizada cidade.

Na Cidade Maravilhosa, a vista do melhor hotel em que fiquei em minha terra-natal: o Ipanema Plaza. À direita temos o Cristo Redentor. À frente, um tapete verde chamado Rua Prudente de Morais. À esquerda, a praia de Ipanema. (Clique para ampliar.)

Aliás, pra quem mora em Brasília, a simples menção da palavra "praia" já nos faz salivar. Segue, portanto, uma foto melhor dessa mesma vista.

Aliás, coisas que só acontecem no último dia de uma viagem: às vésperas de voltar pra casa descobrimos que o hotel tem, na cobertura, uma vista destas! À frente, a praia de Ipanema; à esquerda, continuação da praia com o Arpoador ao fundo. (Clique para ampliar.)

Àqueles que não sabem/entendem o motivo do fascínio por essas vistas, em parte isso pode ser imputado ao fato de – todos nós em Brasília, morarmos em imóveis de, no máximo, 6 andares.

 

Anúncios