Este domingo estarei no Mirazur. Ok, grande novidade uma notícia dessas, afinal, já estou há mais de um mês labutando aqui no restaurante, sempre de 4a feira a domingo, expediente diário médio de 12 horas. A diferença é que consegui fazer reserva no restaurante e estarei do “lado de lá” do balcão, como comensal.

Com o fim da temporada e a diminuição do movimento, os membros da equipe estão se permitindo deixar seus postos e aparecer na qualidade de clientes. Ontem mesmo atendemos o chef-patissier, sua namorada, e um garçon argentino (sobrinho do chef Mauro Colagreco).

Já sei também que, como eles, terei um tratamento de V.I.P. (dito assim mesmo – “vi-ai-pí”, quando a comanda da mesa é cantada e a cada etapa que é marchada pelo chef).

Isso é uma forma de prestigiar e valorizar o trabalho de qualquer membro da equipe, e é extensível aos amigos e parentes. Também entram nesse status os clientes freqüentes, jornalistas, profissionais/colegas de outros restaurantes, e possíveis críticos ou avaliadores.

Um dia desses mesmo mencionei o atendimento a um possível avaliador do guia Michelin. O chef Marco Oliva (de Uberlândia), que trabalhou um tempo na Europa, perguntou como sabíamos que era do Michelin. A verdade é: não sabemos! Todo e qualquer cliente suspeito (especialmente pessoas sozinhas e cliente walk-in, isto é, sem reserva) é classificado como tal, de modo que a cada dois dias alguém é rotulado como um possível avaliador.

20111008-010428.jpg
As tardes de domingo, quando estou em Brasília, são de uma pasmaceira só: aquela moleza pós-almoço na casa da sogra, nenhuma opção descente na televisão, e aquela preguiça natural que uma véspera de segunda-feira causa.

Se seu domingo é semelhante, convido-o a acompanhar minha saga gastronômica. Fiz a reserva para as 20 hs daqui, o que equivale às 15hs do Brasil. Vou me aventurar na carte blanche (carta branca), seqüência mais extensa do Mirazur. Trata-se de uma refeição em 10 etapas, isso sem contar os tapas (retratados na foto acima) que são servidos invariavelmente a TODOS os clientes e os petit-four que encerram (macarron de mate, chips de arroz, e financié de gengibre).

Vou tuitando tudo passo-a-passo, e se você ainda não me segue no Twitter, basta clicar neste link para fazê-lo. Não se esqueçam: domingo, 9 de outubro, a partir das 15:00 horas. Praticamente um Big Brother Gourmand!

Anúncios