Tags

Vocês devem ter notado que mudei o banner/cabeçalho do blog. Acredito possuir umas quatro caixas de utensílios/gadgets de cozinha, mas quando vou viajar levo uma seleção mais compacta. É exatamente esse kit que está ilustrado:

1. Caneta/pincel marcador permanente para datar e identificar alimentos.

2. Espátula furada (para evitar que o alimento grude nela), facilmente encontrada e muito utilizada na Europa. Preço não é o problema (custa menos de 10 Euros lá fora), mas infelizmente é dificilmente encontrada por aqui.

3. Maryse em francês, pão-duro em português, de tamanho pequeno para caber no bolso da dólman.

4. Outro utensílio difícil de encontrar no Brasil mas muito utilizado lá fora, uma espatulinha para montagem de pratos.

5. As pinças de cozinha são mais um utensílio raramente encontrado nas lojas especializadas. Este modelo, porém, é igual aos dos dentistas.

6. Esta é a pinça que eu efetivamente utilizo. Foi presente de Ricardo Santoro (chef-poissonier do restaurante Mirazur) e traz gravado “El Poblet”, restaurante de Quique Dacosta onde ele trabalhava antes de ir para a França.

7. Pinça longa, ideal para trabalhar com frituras e salteados.

8. Faca universal de chef, em aço espanhol de Albacete.

9. Uma pequena faca chinesa de legumes, meu xodó.

10. Faquinha de garde-manger pra tornear legumes.

11. Boleador de legumes.

É claro que esta é uma seleção básica que, dependendo do serviço/menu a ser executado, é complementado com outras ferramentas tiradas do baú.

 

Anúncios