O cozinheiro que admira/tem como ídolo um desses falsos chefs marketeiros, é como um lutador de MMA que idolatra Ted Boy Marino. Odeio esses “chefs” de dólman impecável, passada, engomada e pendurada no escritório só pra tirar foto.

Anúncios