Da mandioca tudo se aproveita. Ralada e prensada, do suco extraído é decantada a goma. O líquido (da mandioca brava) produz o tucupi. A massa sólida vai ser transformada em farinha.

Já falamos disso aqui no blog, mas nada como um post educativo e com fotos, feitas diretamente no local da produção para explicar. Clique na foto acima para ver a matéria original (via Gastrô Comunicação).