Fiz essa sobremesa num jantar em Cruz Alta/RS. A idéia era algo simples de fazer, não-trabalhoso, que não fosse exótico a ponto de assustar, mas que não fosse tão banal a ponto de ofender meu status de cozinheiro.

IMG_20121230_112140Das variedades de pêra, prefiro a Williams. Escolha frutos maduros, mas firmes, e sem machucados. Descasque mantendo a haste intacta, coloque numa panela, cubra com vinho tinto seco (de qualidade minimamente bebível), e acrescente alguns paus de canela (cravo e anis-estrelado também são benvindos).

Deixe levantar fervura, abaixe a um fogo mínimo e cozinhe lentamente por uma hora. Corte cada fruta em dois, tomando cuidado para dividir também uma parte da haste para cada metade (para fins estéticos). Remova o miolo e volte à panela por mais uma hora.

Deixe esfriar, escorra, corte em leque (unidos pela parte da fruta próxima à haste), polvilhe açúcar à vontade, e faça um brullé com o maçarico. Acompanhe com sorvete de sua preferência. Sucesso garantido!