Tags

, , , ,

Não sou e nunca fui um fanático por futebol. Nunca treinei ou fiz aula, mas sempre gostei de jogar uma pelada. Meu lado torcedor, porém, sempre esteve um tanto quanto em segundo plano: acompanhava o desempenho do meu time nos campeonatos (ou melhor, sofria), mas assistia assiduamente apenas os jogos da seleção. Com isso foram raras minhas incursões aos antigos estádios brasileiros (Maracanã, Morumbi, e Mané Garrincha/BsB).

Por outro lado, meu filho (8 anos) é um TARADO por futebol. Mesmo! Assiste até jogo de várzea que passe na TV e é seu assunto preferido. No meio de uma conversa sobre a erosão nas crateras das luas de Netuno dispara: “Pai, sabia que o jogador X, do Manchester United, tá sendo sondado pelo CSKA da Rússia?”.

Este ano de 2013, porém, o destino me levou a conhecer SETE dos estádios/arenas que receberão jogos da FWC2014 (FIFA World Cup 2014), e a conclusão foi uma só: serão espetaculares!!! Se você é como meu guri, vai gostar de dar uma olhadinha neles. Acompanhe (em ordem alfabética):

CUIABÁ:

CUIABÁ: um dos projetos que mais surpreendeu, com grande perspectivas de uso e aproveitamento para o legado (isto é, APÓS a Copa), além de ter uma infra-estrutura excelente de bastidores, corredores largos para circulação de trabalhadores e de público. A foto foi tirada exatamente no dia anterior ao início do assentamento do gramado.

CURITIBA:

CURITIBA: estive na Arena da Baixada no dia seguinte ao acidente ocorrido no Itaquerão. Impossível não olhar para esses monstruosos guindastes e imaginar o que tinha acontecido em São Paulo.

FORTALEZA:

FORTALEZA: lindíssimo, já utilizado na FCC2013 (FIFA Confederation Cup 2013). Não se deixe enganar pela faixa clara no meio do campo: o gramado está um verdadeiro tapete. Aquilo nada mais é que um tratamento de rotina feito faixa-a-faixa pelo engenheiro agrônomo.

MANAUS:

MANAUS: encontrei a Arena Amazônia como um verdadeiro formigueiro humano de trabalhadores. A estrutura externa a deixará com um belíssimo visual, tal como um primo mais low-profile do chinês Ninho de Pássaro. A grama já estava plantada, porém a grande distância desde a fazenda produtora até o local fez com que sofresse um pouco no transporte. Nada que não estará resolvido em poucos meses.

NATAL:

NATAL: confesso, amei a Arena das Dunas. A estrutura da cobertura tem linhas sinuosas como as dunas de areia da região, as cadeiras em 3 tons de azul simulam a água do mar, e o gramado… isso a foto já mostra.

PORTO ALEGRE:

PORTO ALEGRE: por fora parecia que as obras estavam bem atrasadas. Entrando, porém, a impressão mudou: gramado já assentando, estrutura da cobertura finalizando, obras de acabamento a pleno vapor, e um mar de cadeiras coloradas, bem ao gosto da torcida da casa.

RECIFE:

RECIFE: a última de minha lista também já é uma veterana de FCC2013. O Castelão está belíssimo, com ótima visibilidade para o torcedor em qualquer ponto do estádio, e talvez tenha a melhor estrutura de bastidores dentre as que visitei.

Quando comecei essas visitas, em cada uma eu me dizia: “Esta vai entrar na lista das 3 mais bonitas”. Vou ter de refrasear: serão todas belíssimas, com tal nível de conforto para o público que deixa os antigos estádios na era da pedra lascada.