Com seu jeito distraído e quase avoado, a poeta Bruna Beber foi um dos destaques da FLIP de 2013, onde falou sobre seu novo livro – Rua da Padaria (Record, 68 pgs. R$ 24,90).  Com uma voz muito pessoal, Bruna faz dos poemas veículos para um retorno a situações da infância e da adolescência vividas na Baixada Fluminense, nos anos 90. São versos marcados pela ironia e pelo ceticismo, mas também por uma nostalgia sentimental e quase alegre, algo como aquilo que a gente sente quando folheia um álbum de fotografias de família.

Romance em 12 linhas resume o roteiro anunciado de tantas histórias de amor, ou como diz a autora: “Há nesse poema sim uma ironia melancólica, mas é também do nosso tempo essa transitoriedade amorosa, raivosa. Eu quis registrar essa infantilidade – ou fatalidade – tão comum – e muitas vezes inevitável – de viver as paixões.”

12linhas

Clique aqui para ver a fonte deste post.

Anúncios