Tags

, ,

No último domingo (16/novembro/2014) aconteceu a primeira edição do Chefs nos Eixos, evento de comida de rua organizado pelo site Querocomer. A feirinha aconteceu no centro geográfico do bairro mais nobre de Brasília, a Asa Sul, na altura das quadras 108/208, próxima à estação do metrô.

Os preços dos pratos estipulados pela organização seriam de R$10, R$15 ou R$20. Resolvemos então colocar um de cada: prato principal, sobremesa, e drink!

Os preços dos pratos estipulados pela organização seriam de R$10, R$15 ou R$20. Resolvemos então colocar um de cada: prato principal, sobremesa, e drink!

Foram 120 kgs de costela suína com pele, marinados durante uma noite, depois assados e desossados.

Foram 120 kgs de costela suína com pele, marinados durante uma noite, depois assados e então desossados.

O molho seria um tarê básico, para o qual usamos 10 litros de shoyu, 10 litros de sakê, e 8 kgs de açúcar. Isso rendeu 15 litros de teriyaki, dos quais usamos apenas um terço (que erro!).

O molho seria um tarê básico, para o qual usamos 10 litros de shoyu, 10 litros de sakê, e 8 kgs de açúcar. Isso rendeu 15 litros de teriyaki, dos quais usamos apenas um terço (que erro!).

O acompanhamento era um arroz de nirá, para o qual foram utilizados 15 maços de nirá, 10 kgs de xerém de castanha-de-caju, e 10 kgs de manteiga.

O acompanhamento era um arroz de nirá, para o qual foram utilizados 15 maços de nirá, 10 kgs de xerém de castanha-de-caju, e 10 kgs de manteiga.

A sobremesa foi uma Crema Catalana, prima mais condimentada do Creme Brulée. Como os potinhos eram descartáveis (de plástico), não seria possível maçaricar. Portanto, fizemos um praliné de açúcar queimado, que era jogado por cima no momento do serviço.

A sobremesa foi uma Crema Catalana, prima mais condimentada do Creme Brulée. Como os potinhos eram descartáveis (de plástico), não seria possível maçaricar. Portanto, fizemos um praliné de açúcar queimado, que era jogado por cima no momento do serviço.

O drink foi um Spritz, mistura do Aperol italiano, espumante, água com gás, uma rodela de laranja, e muito gelo!

O drink foi um Spritz, mistura do Aperol italiano, espumante, água com gás, uma rodela de laranja, e muito gelo!

Às 10hs da manhã do domingo estávamos com tudo a postos: 3 adultos na produção (eu e mais dois colegas), 4 garotos (meu filho e alguns sobrinhos) no atendimento. Apesar das nuvens fechadas vistas na foto, e da previsão pessimista da  meteorologia, o tempo abriu e fez um solzão lindo!

Às 10hs da manhã do domingo estávamos com tudo a postos: 3 adultos na produção (eu e mais dois colegas), 4 garotos (meu filho e alguns sobrinhos) no atendimento. Apesar das nuvens fechadas vistas na foto, e da previsão pessimista da meteorologia, o tempo abriu e fez um solzão lindo!

Só conseguimos tirar fotos no começo, pois depois das 11hs a correria foi intensa. Aqueles da equipe que quiseram almoçar só o conseguiram fazer às 17hs!

Só conseguimos tirar fotos no começo, pois depois das 11hs a correria foi intensa. Aqueles da equipe que quiseram almoçar só o conseguiram fazer às 17hs!

E este, meus amigos, é o Porc Croc, estrela-mor de nossa barraquinha. Capa crocante igual biscoito!

E este, meus amigos, é o Porc Croc, estrela-mor de nossa barraquinha. Capa crocante igual biscoito!

O Chef nos Eixos contou com apoio da Administração de Brasília e foi noticiado antes, durante, e depois em praticamente todos os principais veículos de comunicação: Globo, SBT, CBN, Correio Braziliense, Jornal de Brasília, diversos blogs, sites e portais. Estima-se que 30.000 pessoas compareceram ao evento.

Tivemos alguns contratempos, probleminhas com equipamentos, e erros de organização, nada muito grave. Lições assimiladas, vamos corrigi-las e vir com ainda mais força para a próxima edição, prevista para início de março/2015.