O marrentinho Diego Lozano.

Planta amazônica aromática e medicinal, a priprioca é utilizada principalmente em cosméticos e perfumes, como pode ser encontrado no mercado Ver-o-Peso (Belém/PA) e em produtos da Natura (clique aqui para ver uma apresentação muito didática que a empresa fez para apresentar o ingrediente).

Experiência Chocolate.

Recentemente o chef Alex Atala resolveu levá-la para a seara da gastronomia, utilizando para aromatizar/saborizar tanto a comida quanto bebidas (vide a famosa caipirinha de priprioca, servida no restaurante Dalva & Dito). Àquela época, quem o acompanhou nos testes foi o chocolatier/pâtissier Diego Lozano, que incluiu a ganache de chocolate com priprioca na sobremesa “Experiência Chocolate”, executada por ocasião do 8º Babel Convida (reveja este jantar clicando aqui)..

Querem aprender como se faz? Lá vai!

Dois potes de creme de leite fresco (600~700 ml).

Um maço de priprioca fresca (aproximadamente 100 gr).

Lave BEM a priprioca com uma escovinha de unha e utilize os bulbos cortados ao meio (pra exalar com mais eficiência o aroma).

Leve o creme e a priprioca ao fogo. Quando levantar fervura abaixe a chama ao mínimo possível e deixe por 2 horas.

1 kg de chocolate meio-amargo picado.

Coe o creme e despeje sobre o chocolate. Misture.

Um tablete (200 gr) de manteiga sem sal amolecida em ponto de pomada.

Quando o creme tiver atingido 40ºC incorpore manualmente a manteiga. Deixe esfriar e exercite sua criatividade nas aplicações!

O que se diz é que a priprioca tem um cheiro de mato, de erva, com muita semelhança à maconha! Incluí a ganache na sobremesa que executei nos jantares do Dinner In The Sky – São Paulo 2011, e quando dei essa explicação houve um grande alvoroço e enxurrada de piadinhas: “me dá uma trouxinha dessa ganache!“, “pode enrolar a ganache no cardápio e fumar?“, etc.

Independente das brincadeiras e do exotismo do ingrediente, o que ficou foi o sucesso da receita. Todos os pratos de sobremesa foram raspados, inclusive as porções extras que havíamos levado e também a ganache que tinha sobrado no saco de confeitar.

Galette crocante de cereais com chocolate branco, ganache de chocolate meio-amargo com priprioca, e carpaccio brullé de maçã.

Antes que vocês perguntem, a minha priprioca foi trazida pessoalmente de Belém/PA, mas pode ser encontrada/encomendada por qualquer um no site Amazônia Empório.

Anúncios